ERICA MANDILLO

Durante a sua licenciatura em Biologia e Mestrado em Biofísica, retoma os estudos de piano e integra o Coro da Universidade de Lisboa. Realiza então o curso de Canto do Conservatório Nacional de Lisboa, na classe da professora Elsa Saque, e participa em diversos cursos de direção coral com o maestro José Robert.


Em 1996, ingressa no Coro da Fundação Calouste Gulbenkian e no Coro do Teatro Nacional de São Carlos, abandonando definitivamente a atividade científica para se dedicar à sua paixão. 
Funda e dirige a Camerata Fiorentina e o Grupo vocal Trítono, agrupamentos especializados em música de Monteverdi encenada e em música Romântica de Salão, respetivamente, e nos quais, para além de cantora, trabalha ativamente em produção e em encenação. 

 

Em 2003, realiza o primeiro curso de Encenação de Ópera da Fundação Calouste Gulbenkian. Em 2005, funda e dirige o Coro Infantil da Universidade de Lisboa, com o qual desenvolve uma nova abordagem da música coral, na qual associa o movimento e o gesto teatral à voz. A par do coro principal forma uma “Escola Coral” que, desde então, envolve mais de 150 crianças e jovens. Com este agrupamento realiza nos últimos 15 anos centenas de concertos por toda a Europa obtendo um enorme reconhecimento pela qualidade e originalidade do trabalho.

  
Foi professora convidada na Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa e diretora Artística nas Oficinas de São José - Colégio dos Salesianos de Lisboa. É regularmente convidada para Festivais Internacionais de música como maestrina e pedagoga, orientando workshops e master classes sobre novas técnicas de Pedagogia Coral para jovens e crianças, como por exemplo na Casa da Música (Porto), no Théatre du Chatelet (Paris), na Escola de Música “Piccoli Cantori di Torino” (Turim), no Festival di Primavera “ Feniarco” (Itália), entre tantos outros.